Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Uma Pepita de Sucesso

Tudo sobre saúde, trabalho, lazer, viagens, sucesso e estilo de vida.

Uma Pepita de Sucesso

Tudo sobre saúde, trabalho, lazer, viagens, sucesso e estilo de vida.

O nosso presépio reciclável

IMG_20181205_133509.jpg

 

Já está prontinho o nosso presépio na ARM - Águas e Resíduos da Madeira, na Zona Leste.

 

O presépio, feito com materiais recicláveis (menos a figuras), foi criado pelo nosso querido colega Ismael, que, com toda a sua criatividade, imaginação e boa vontade, nos presentea todos os dias com esta bela "obra de arte"

 

IMG_20181205_133509.jpg

 

Obrigada de coração Ismael!

 

Luísa de Sousa

As Viagens dos Deputados das Ilhas

 Ouvi nas notícias logo pela manhã que o Tribunal de Contas, alerta para a possibilidade de "fraude fiscal" com as viagens pagas aos deputados das ilhas, por falta de fiscalização.

 

Alerta também, para a falta de controlo nas viagens dos deputados das ilhas, considerando os juízes que há “risco elevado” de terem sido pagas viagens que não foram realizadas, e que existe falta de controlo sobre as mesmas.

 

O regime jurídico do Parlamento prevê, que todos os deputados da Madeira e dos Açores, recebam por semana, um subsídio fixo de 500 € (2.000 € por mês), para suportar uma viagem de avião às ilhas.

 

Este subsídio é devido mesmo que os deputados não viajem, e é pago sem qualquer comprovativo, e que estes deputados poderão  estar duplamente subsidiados, uma vez que recebem também o subsídio social de mobilidade dado pelo Estado, através do qual os ilhéus recebem o reembolso do valor pago pela viagem de ida e volta (valor pago - 85€).

 

Ora, esta notícia indignou-me, porque eu, sendo madeirense, nada abastada, tenho de fazer "trinta por uma linha" para pagar às companhias aéreas valores exorbitantes por uma viagem de ida e volta a Lisboa ou Porto, sendo reembolsada 2 meses depois, e estes "senhores deputados" a receberem 2.000 € por mês fixo, e ainda serem reembolsados como um cidadão ilhéu normal!!!

 

Até quando vamos "fechar os olhos" a estas injustiças?

 

Luísa de Sousa

 

 

 

 

 

Ego e Alma

ser importante.jpg

O ego influencia muito a maior parte das situações que nos deparamos todos os dias.

 

E porque não usamos a alma para nos influenciar?

 

O ego é egoísta, competitivo, julga, e pode ser corruptível. 

 

A alma é altruísta, verdadeira, pura, inclusiva, e perdoa.

 

Podemos escolher agir com o ego ou com a alma, mas ambos andam lado a lado, e são necessários na nossa vida.

 

 

Bom fim de semana

Luísa de Sousa

 

 

 

Medos! .... e os Sonhos?

cabeça cheia de medos.jpg

A mudança provoca medo e insegurança, e nunca estamos devidamente preparados para mudar. 

Muitas pessoas demonstram diariamente a sua insatisfação, queixam-se do que não têm e do que poderiam ter.

Mas, nada fazem para mudar .... porque têm medo da mudança.

Quando enfrentamos um desafio, tudo nos parece complicado e com poucas soluções.

Esta é uma barreira que precisamos superar para mudar e realizar os nossos sonhos.

E o maior obstáculo na hora da mudança é superar o medo, o medo de errar, porque existe sempre o risco de errar.

Para crescermos como pessoas, temos de assumir riscos, os chamados desafios, e agir.

Porque em toda a  acção existe o risco de fracassar, que deverá ser encarado como aprendizagem.

 

 

“O mundo está nas mãos de quem tem a coragem de sonhar e correr o risco de viver os seus sonhos”.

-Paulo Coelho-

 

Luísa de Sousa

8 dicas para atrair boas energias

 

Tal como uma esponja, absorvemos tudo o que nos rodeia.

Logo, muitas das decisões que tomamos são influenciadas pelo que se passa à nossa volta, pelo nosso ambiente…..mesmo que não nos demos conta disso.

Então como evitar que o exterior interfira de forma negativa nas nossa decisões e provoque estragos na nossa vida?

Como ser um íman de boas vibrações?

Como usar o poder da mente e ser mais feliz?

A “nossa mente e sentidos são permeáveis e deixam-se tocar por tudo o que os estimule diretamente” – Mariana Lago (Cosmopolitan, 2016)

Segundo o neurologista norte-americano Richard Restak (2016),  as emoções negativas exercem uma influência muito maior que as positivas. Isto é consequência de “um fenómeno conhecido como contágio emocional, em que forças externas (música, espaços físicos, cheiros….) e pessoas com más energias são verdadeiramente atentados contra o nosso equilíbrio mental, físico e emocional” .

E muitas vezes nem nos damos conta de que isso acontece.

Vamos, então, “munirmo-nos das melhores armas” para  neutralizar as más energias e as más vibrações e conseguir atrair tudo o que nos permita levar uma vida mais agradável, harmoniosa e feliz ( Mariana Lago, Cosmopolitan, ano 16, nº 204).

1 – Estimule os ouvidos - As mensagens negativas da música, dos noticiários, dos colegas, familiares e amigos, podem ter consequências profundas sobre os seus pensamentos e determinar a forma como vai agir. Canções, informações e discursos com frases, palavras, informações sobre fracassos e desilusões atuam como “mantras” e penetram o subconsciente, que segundo os cientistas, impulsiona cerca de 80% do que fazemos. Invista em músicas, informações, conversas positivas para se manter sempre estimulado e feliz.

2 - Ofereça prendas a si mesmo ou comemore sempre alguma coisa – Segundo um estudo publicado no Journal of Consumer Research, comprar algo que realmente deseje, ou comemorar algum feito, vai deixá-lo feliz por muito mais tempo do que comprar apenas o que necessite. Oferecer um presente a si mesmo ou comemorar algo, “estimula as endorfinas e vai dar-lhe um grande impulso de felicidade”.

3 – Veja mais comédias - Assistir a um filme divertido, mesmo durante 15 minutos, é bom para o sistema cardiovascular. Também está provado que libera endorfinas, os calmantes naturais que existem no organismo. Investigações recentes também sugerem que imagens atraentes (lugares paradisíacos, pessoas atraentes), ativam os centros de prazer. Ao olharmos para uma imagem agradável o “sistema nervoso simpático e parassimpático sincronizam-se” o que provoca uma reação agradável e prazerosa. Isto significa que receberá uma dose instantânea de felicidade sempre que olha para algo que goste.

4 – Fuja dos pessimistas – Quando alguém faz um gesto hostil, aqueles que estão por perto têm mais tendência a imitá-lo, mesmo que inconscientemente. Isso poderá explicar “alguns fenómenos de massa” e todos corremos o risco de reagir com atitudes que até a nós próprios parecem inadequados. “A raiva e a ira” são as emoções mais contagiosas”. Quando alguém se relaciona com uma pessoas ressentida ou irritável, fica mais exposta a sofrer essas emoções (Steven Stosny). Tenha consciência das suas atitudes e não se deixa influenciar pelos outros. Escolha melhor as pessoas com quem se relaciona porque podem influenciá-lo mesmo contra a sua vontade. Já diz o velho ditado “diz-me com quem andas e dir-te-ei quem és!”.

5 - Selecione o que come - Embora pense que seleciona no máximo 15 alimentos e bebidas por dia, na realidade toma mais de 200 decisões alimentares, muitas delas automaticamente, influenciadas pelo ambiente onde está inserido, como as que têm a ver  com o tamanho do prato, a quantidade de bebida que o copo leva, o  lugar onde come e com quem. Isto significa se o colega que o costuma acompanhar nos almoços é um glutão, é provável que a roupa comece a ficar-lhe apertada. Por isso, da próxima vez que foram almoçar peças entradas separadas e dividam o prato principal. Se ele discordar da sua estratégia, o melhor é procurar outra companhia para as refeições.

O lema é usar a comida para se sentir bem  e estimulado em de vez de o fazer apenas para saciar a ansiedade. É bom consumir alimentos ricos em triptofano, como ovos, peixe, nozes, amêndoas, bananas e alface. Este aminoácido facilita a síntese e libertação de serotonina, a hormona  que se encontra no cérebro e que é responsável pelas nossas sensações de felicidade e bem-estar, dois dos melhores e mais eficazes antídotos contra o stress.

6 – Contacte  a natureza – Adapte desde já um novo “mantra” diário, como “verde que te quero verde!”. Entrar em contacto com  a natureza e com o verde, irremediavelmente unidos à primavera, pode ajudá-lo a melhorar o seu estado de espírito. Esta cor atua sobre a depressão e a vista cansada, além de proporcionar doses extra de harmonia e empatia. Além disso, contemplar a natureza reduz o stress e a ansiedade, e ajuda a diminuir a tensão arterial. Sentar-se  a observar a beleza das flores também pode ajudá-lo a manter uma perspetiva positiva diante das situações. Vários estudos científicos provam que  as flores efeitos agradáveis no nosso estado de espírito e que algumas cores ajudam até a levantar a moral.

Nos dias que sente que acordou com uma “nuvem negra” a pairar sobre a sua cabeça, apanhe um pouco de sol: o seu cérebro segregará serotonina e desta forma a ansiedade diminuirá e será mais fácil ficar bem-disposto.

7 - Ande mais devagar, por favor – Até a forma como caminha pode ser contagiosa. Um estudo mediu o tempo que os habitantes de diferentes pontos do mundo demoravam a percorrer 18 metros. Em todos os países se caminha mais depressa que há 20 anos atrás. Você caminha “voando” para chegar ao trabalho e corre no final do dia para chegar a casa. Tire um tempo para olhar para a paisagem, para as pessoas, para a natureza, para si ou para passear bem devagar. Se necessário, levante-se um pouco mais cedo para depois não andar a 200 à hora. É a sua vida que está em jogo e você merece desfrutá-la ao máximo.

8 – Use o poder da mente – Regra geral, as nossas emoções são consequência direta dos pensamentos que também podem ser provocados por algum tipo de situação que nos cause desconforto. Quando acreditamos que está prestes a acontecer algo que nos desagrade, o cérebro revive esse episódio, mesmo que não esteja na realidade a acontecer. Ao antecipá-lo, os nossos medos tornam-se reais. Por outras palavras, a mente pode ser um íman de boas ou de más energias. Você é que decide! Os sentimentos de calma e paciência transformam-se em ações positivas e, por vezes, o que parece adverso pode ser uma oportunidade escondida.

Como recuperar a calma?

Trazer à mente a imagem de alguém querido baixará a pressão arterial a ajudará a acalmar-se.

Por último experimente este exercício: pense numa frase curta, como “estou em paz absoluta”, e repita-a, lentamente, durante 30 segundos várias vezes ao dia.

Repetir palavras tranquilas ajuda a baixar a pressão arterial, a desencadear o pulso e a relaxar mentalmente.

Assim, atrairá boas energias.

Espero que tenha gostado

 

Um abraço

Luísa de Sousa

6 Hábitos das Pessoas Felizes

 

felicidade xxxx.jpg

 

Quem não quer ser feliz?

 

Tudo o que fazemos desde que acordamos até adormecer é com o desejo de sermos felizes!

 

Buscamos diariamente a fórmula milagrosa que nos leve à felicidade.Todos a querem, mas – pelo menos aparentemente – apenas alguns a alcançam.

 

A verdade é que se quer ser feliz tem que “trabalhar” para isso.

 

As suas relações, a sua carreira ou as suas atitudes podem ter uma forte influência na sua felicidade.

 

Quem o diz é Martin Seligman, pai da psicologia positiva, que defende que 60% da felicidade é determinada pela genética e pelo ambiente e os restantes 40% dependem de cada pessoa.

 

Conheça agora os 6 hábitos das pessoas felizes. (Segundo a Revista Online E-konomista.pt, 2015):

 

  1. ESTAR RODEADO DE PESSOAS FELIZES

Quem está rodeado de pessoas felizes, positivas e motivadas tem mais probabilidades de alcançar a tão desejada felicidade. Otimismo gera otimismo. Boa disposição gera boa disposição. Felicidade gera felicidade. Simples. Comece por aqui e está no bom caminho.

 

  1. PERCEBER QUE SUCESSO PROFISSIONAL PODE NÃO SER SINÓNIMO DE REALIZAÇÃO

Nem sempre ter a carreira que sempre sonhou, garante que se sinta realizado profissional e pessoalmente. Para que isso aconteça tem que ser capaz de encontrar um ponto de equilíbrio entre as duas vertentes da sua vida e só vai ser capaz de “trabalhar” para encontrar este balanço se estiver consciente desse facto.

 

  1. ACEITAR QUE VÃO ERRAR

Esta é uma das características das pessoas de sucesso. Enquanto a grande maioria das pessoas faz de tudo para não fracassar (não errar), as pessoas felizes aceitam que os erros vão ser uma constante ao longo da sua vida e encaram os fracassos como um fator de motivação e uma ferramenta de aprendizagem. Isto é, veem as coisas pelo lado positivo.

 

  1. FAZEM EXERCÍCIO FÍSICO

Já diz o ditado: “mente sã em corpo são”. As pessoas felizes praticam desporto. Qual? Não importa, o que interessa é que se exercite. O exercício físico ajuda a libertar o stress, a diminuir a ansiedade e a aliviar os sintomas de depressão, ou ainda contribui para melhorar a sua saúde e melhora o seu estado de espírito. Razões para começar já não faltam.

 

  1. ENCARAM OS PROBLEMAS COMO DESAFIOS

As pessoas felizes não enfrentam problemas, mas sim desafios. Ou seja, encaram as dificuldades ou obstáculos como oportunidades de melhoria para a sua vida (profissional e pessoal).

 

  1. MOSTRAM A SUA GRATIDÃO

Regra geral, as pessoas felizes são gratas pelo que têm e não se inibem de o mostrar. Esta capacidade ajuda-os a gerar emoções positivas e, consequentemente, a tornarem-se pessoas mais otimistas e capazes de lutar e atingir os seus objetivos. Um verdadeiro efeito “bola de neve”.

 

 

PARA SER  FELIZ!

 

A sua capacidade para ser feliz depende em muito da sua vontade de ser feliz.

 

Se quer mesmo ser feliz, comece por adotar uma nova atitude, todos os dias…

 

Um abraço

Luísa de Sousa

7 Passos para Criar um Negócio na Internet

 

escolherr-laptop.jpg

 

Ter um Negócio na Internet pode ser uma excelente alternativa para quem é empreendedor e pretende ter uma actividade própria, um negócio a partir de casa ou mesmo trabalhar em part-time.

 

Actualmente, um negócio na internet tem um potencial de lucro assinalável pois os consumidores estão mais confiantes neste tipo de comercialização (Nelson Costa, 2015).

 

Além disso, tem um custo de concepção e de estrutura baixos, amplas possibilidades de mercado (global, no limite) e pode funcionar 24 horas por dia, nos sete dias da semana (Nelson Costa, 2015).

 

Mas para fazer chegar o seu negócio aos clientes ou ao seu nicho de mercado, dando-se a conhecer num mercado tão grande e de uma enorme concorrência pode ser um entrave, particularmente se não dominar algumas estratégias na criação do seu negócio online.

 

Segundo Nelson Costa, revista online E-Konomista, Maio de 2015, existem 7 passos que todo o empreendedor deveria conhecer para criar o seu negócio na Internet com sucesso.

 

 

7 PASSOS PARA CRIAR UM NEGÓCIO NA INTERNET

 

  1. Analise as necessidades do mercado. Antes de definir o seu produto ou serviço, encontre uma necessidade do mercado, ou seja, o que as pessoas procuram e trate de preencher essa necessidade com os seus produtos ou serviços;

 

  1. Crie um site interessante e aloje-o na web. Tem de possuir um site apelativo e fácil de navegar, mas sem deixar de parecer profissional para que os clientes sintam confiança no seu negócio. Pode optar por alojar o site na web através da computação em nuvem, pois tens custos muito inferiores relativamente ao alojamento em servidor físico;

 

  1. Construa um catálogo online. O processo de comprar é tão mais apelativo, quanto melhor construído estiver o seu catálogo online. Aposte em fotografias de qualidade, criativas e/ou artísticas;

 

  1. Disponibilize formas de pagamento online, escolhendo os modos que mais lhe interessam. Para aceitar pagamentos eletrónicos dos produtos ou serviços online que vende existem várias soluções, como a MB NET, Paypal ou REDUNICRE;

 

  1. Promova o seu negócio. É naturalmente crucial que os potenciais clientes acedam ao seu negócio na internet, através de visitas ao site. Se assim não for, por muito interessante que seja o seu site ou produto, o negócio não será rentável. Promova nas redes sociais, domine a optimização para motores de pesquise ou use o pay-per-click, por exemplo, para captar o público-alvo para o seu site;

 

  1. Assegure a logística. Se não for capaz de entregar os seus produtos dentro do prazo estabelecido e sem falhas o seu negócio perderá credibilidade. Aposte numa boa logística;

 

  1. Garanta o serviço pós-venda. Saber como lidar com as reclamações e devoluções ou assegurar outro tipo de apoio ao cliente é fundamental para obter fidelização.

 

Gostaria de ter o seu Negócio Online?

 

Poder usufruir de todas as vantagens de um Negócio a Partir de Casa?

 

Definir o seu horário de trabalho e quanto ganha?

 

Construir o seu Plano de Trabalho?

 

Sim, isso é possível com os Negócios Online.

 

Existem muitos cursos no mercado que poderá adquirir, a preços extremamente acessíveis, que ensinam a criar o seu negócio na internet a partir do zero, mesmo para aqueles que não percebem nada de negócios online.

 

 

Um abraço

Luísa de Sousa

Dinheiro ou Paixão?

 

 

oportunidade-de-negócios-na-internet-para-freelan

 

Num estudo conduzido por Scrully Blotnick (Vitale, 2007), cujo tema era “Como tornar-se milionário”, sobre um universo de 1500 pessoas, que foram divididas em duas categorias: as da categoria A disseram que em primeiro lugar, tentariam conseguir o dinheiro e que só depois fariam o que realmente queriam. Integravam neste grupo 1245 indivíduos.

 

Os elementos pertencentes à categoria B, num total de 255, declararam que procurariam, em primeiro lugar, ir ao encontro dos seus interesses, esperando que o dinheiro surgisse mais tarde.

 

E o que aconteceu?

 

Decorridos alguns anos, havia 101 milionários no universo global de pessoas estudadas.

 

Apenas 1 pessoa pertencia ao grupo A.

 

As restante 100 pessoas, provinham do grupo B, aquele cujos elementos tinham optado por dar primazia à persecução das suas paixões, deixando que o dinheiro viesse mais tarde.

 

Aqui está uma excelente pista de como atrair dinheiro.

 

Podemos então perguntar: Onde se deve encontrar a nossa atenção?

 

No dinheiro ou na paixão?

 

Tenho um amigo que costuma dizer: ” primeiro decide, age, depois cria as circunstâncias para…..”

 

Aprendi ao longo do tempo que somos seres humanos, não “fazeres humanos”.

 

E quando atingimos um estado existencial interior de grande clareza, relativamente ao nosso papel no mundo, às nossas paixões, àquilo que realmente nos inspira e faz feliz, o mundo praticamente virá até nós.

 

E quando estivermos absolutamente seguros do carro, casa, emprego, viagem, negócio, amor, o que quer que seja que pretendamos, começaremos a atrair tais coisas para nós.

 

Tudo na vida aparenta ser moldável.

 

Tudo por ser moldado para se ajustar àquilo que queremos e ao ritmo que pretendemos seguir.

 

E neste preciso momento, inclusive, enquanto lês estas palavras,

podes começar a jogar com novas possibilidades: O que é que eu desejo ser, fazer ou ter?

 

Ganhar muito dinheiro? Porque não?

 

Ter um novo estilo de vida? Porque não?

 

Fazer uma viagem? Porque não?

 

Ter um apartamento de luxo? Porque não?

 

Ter um novo amor? Porque não?

 

Curar-se de uma doença? Porque não?

 

Tudo, mas mesmo absolutamente tudo, é possível ter, ser e fazer!

 

Porque tudo o que imaginares e retiveres na tua mente, com energia e concentração, tenderá a ser criado na tua realidade.

 

Tu o atrairás!

Tu encontrarás forma de fazer chegar essas coisas até ti,

terás atitudes inspiradoras que te levarão a agir de acordo para que as tenhas.

 

E como diz o meu amigo, que cada vez mais acho que tem razão: ” primeiro decide, age, depois cria as circunstâncias para…..”

 

Termino o artigo com uma frase, em forma de síntese, que elucida tudo o que escrevi: “Procure lembrar-se de que a imagem que você pensa, sente ou vê , se encontra reflectida na Mente Universal e que, pela lei natural da acção recíproca, deverá retornar a si, seja sob a forma espiritual ou material” – Joe Vitale “O Factor Atracção”.

 

Um abraço

Luísa de Sousa

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D