Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Uma Pepita de Sucesso

Tudo sobre saúde, trabalho, lazer, viagens, sucesso, família e estilo de vida.

Uma Pepita de Sucesso

Tudo sobre saúde, trabalho, lazer, viagens, sucesso, família e estilo de vida.

Mensagem ...

IMG_20190716_171859_396.jpg

Quinta do Furão, Santana, Ilha da Madeira

 

"A minha mensagem é simples:
mais do que uma geração tecnicamente capaz,
nós necessitamos de uma geração capaz de questionar,
capaz de repensar o país e o mundo.
 
Mais do que gente preparada para dar respostas,
necessitamos de capacidade para fazer perguntas”.
 
- Mia Couto - ensaio "Os sete sapatos sujos"
 
 
 

Tardio ... por Mia Couto

IMG_20210530_110918.jpg

Miradouro da Boca dos Namorados, Jardim da Serra, Ilha da Madeira

 

 
"Quando quis ser fruto
fui fome,
não mais do que areia
de um chão sem cio.
 
Quando sonhei ser pano
fui agulha.
E morri no sono do gesto
de enrolar o fio.
 
Quando aprendi a ser poente
já não havia céu.
Quando quis anoitecer
tudo era luz.
 
E assim me condeno
em livre vício:
no mais derradeiro
eu só vislumbro um início."
 
- Mia Couto
 

Modernidade ...

IMG_20210627_112515.jpg

Promenade do Lido, Funchal, Ilha da Madeira

 

 

"Não podemos entrar na modernidade com o actual fardo de preconceitos.
À porta da modernidade precisamos de nos descalçar.
Eu contei Sete Sapatos Sujos que necessitamos deixar na soleira da porta dos tempos novos.
Haverá muitos.
Mas eu tinha que escolher e sete é um número mágico:
 
- Primeiro Sapato - A ideia de que os culpados são sempre os outros;
 
- Segundo Sapato - A ideia de que o sucesso não nasce do trabalho;
 
- Terceiro Sapato - O preconceito de que quem crítica é um inimigo;
 
- Quarto Sapato - A ideia de que mudar as palavras muda a realidade;
 
- Quinto Sapato - A vergonha de ser pobre e o culto das aparências;
 
- Sexto Sapato - A passividade perante a injustiça;
 
- Sétimo Sapato - A ideia de que, para sermos modernos, temos de imitar os outros.”
 
 
- Mia Couto 
(Excerto da Oração de Sapiência na Universidade Eduardo Mondlane,
Maputo, Moçambique, 7 de março de 2005)
 
 
 
 

Pensamentos ...

IMG_20210216_113934.jpg

Garajau, Ilha da Madeira

 

 

" Filha, lembras-te do tempo em que eu passava tardes e tardes costurando?
 
- Lembro-me, mãe. Éramos tanto filhos, tantas roupas...
 
- A maior parte das vezes eu só fingia que costurava.
 
- Fingia? Fingia para quê?
 
- Os homens não gostam que as mulheres pensem em silêncio. Ficam desconfiados..
 
- Assim, enquanto eu costurava, o seu pai não suspeitava que eu pensava...
 
Os meus pensamentos viajavam por todo o lado...
 
Nesses escassos momentos, eu, Constança, era mulher sem ter que pedir licença, existindo sem ter que pedir perdão."
 
 
- Mia Couto em  "O outro pé da sereia"
 
 

Ser tolerante

IMG_20210627_112616.jpg

Promenade da Doca do Cavacas, Funchal, Ilha da Madeira

 

"Dizemos que somos tolerantes com as diferenças.

Mas ser-se tolerante é ainda insuficiente.

É preciso aceitar que a maior parte das diferenças foi inventada e que o Outro (o outro sexo, a outra raça, a outra etnia) existe sempre dentro de nós."

- Mia Couto

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Mensagens

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub