Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Uma Pepita de Sucesso

Tudo sobre saúde, trabalho, lazer, viagens, sucesso, família e estilo de vida.

Uma Pepita de Sucesso

Tudo sobre saúde, trabalho, lazer, viagens, sucesso, família e estilo de vida.

Porque nos ferimos?

eu e tu.jpg

 

 

Por que tratamos mal “os nossos”?

Porque ferimos quem amamos?

Porque magoamos quem nos ama, quem nos quer bem?

 

Porque é mais fácil ferir quem nos é mais próximo?

Porque tratamos menos bem as pessoas mais próximas, como os nossos familiares, do que outras pessoas menos importantes, cujos laços connosco são mais superficiais?

 

Será possível que a causa desta atitude tenha por origem o nosso egoísmo e os nossos interesses,  que fazem com que nos preocupemos apenas connosco mesmos?

 

Será que é da natureza humana?

 

Ou será que,  pelo facto de amarmos e de sermos amados, estamos mais próximos, entendemo-nos melhor, estamos mais vulneráveis, estamos "sem máscaras", mostramos as nossas fragilidades,  mostramos como realmente somos, o que nos leva a sermos mais agressivos com essas pessoas?

 

A verdade é que sabemos que, mesmo sendo ríspidos, mal educados, e magoarmos quem nos é mais próximo, como os nossos familiares e amigos, estes nunca deixarão de gostar de nós!

 

Compreenderão o nosso comportamento!

Nunca nos deixarão!

E estarão sempre aqui para nos ajudar!

 

Mas “os nossos” são justamente aqueles a quem deveríamos tratar com mais cuidado, pois são aqueles que gostam de nós pelo que somos, que nos deram e nos dão tudo diariamente, tanto bens materiais quanto os bens mais preciosos como o amor, a educação, a amizade, ....

 

 

"Magoar alguém é transferir para outrem a degradação que temos em nós"

Simone Weil

 

 

Imagem AQUI

 

Praia de Santa Cruz

IMG_20190225_132519.jpg

 

Ontem foi dia de ir tomar café à cidade de Santa Cruz, que fica no concelho de Santa Cruz.

O café fica à beira mar, junto à Praia de Santa Cruz.

 

IMG_20190225_132600.jpg

 

Neste município temos a Praia de Santa Cruz e a Praia das Palmeiras, as minhas favoritas.

 

IMG_20190225_132509.jpg

 

A cidade de Santa Cruz mantém uma atmosfera pacífica e tranquila durante todo o ano, apesar da proximidade do tráfego aéreo do aeroporto Internacional do Funchal. 

 

IMG_20190225_132528.jpg

 

O Hotel Vila Galé fica no centro da cidade de Santa Cruz.

 

IMG_20190225_132504.jpg

 

Para os amantes do mar aberto existe um pontão de apoio balnear implantado junto à margem, na foz da ribeira.

 

IMG_20190225_132424.jpg

 

À beira mar, podemos apreciar os jardins da cidade.

 

IMG_20190225_132447.jpg

 

A cidade de Santa Cruz é muito pitoresca e convidativa a um passeio.

 

IMG_20190225_132538.jpg

 

É uma das cidades que mais gosto da Ilha da Madeira.

Mantenha-se sempre aberto a outras possibilidades

de repende a vida te vira do avesso.jpg

 A nossa vida está constantemente a mudar.

Renova-se  a cada dia.

Nada é fixo.

Nada é estático.

Nada é permanente.

 

Por vezes fazemos tudo o que achámos ser o melhor.

E insistimos, insistimos, insistimos num resultado que nem sempre nos vai trazer o que queremos.

Muitas vezes os nossos esforços mostram-se infrutíferos.

E não insistimos mais .... deixamos de procurar .... desistimos de lutar.

 

Mas devemos permanecer abertos a outras possibilidades.

Possibilidades ainda não consideradas,

E quanto mais abertos formos, maior será a nossa capacidade de receber o melhor para nós.

Sejamos flexíveis,

Sejamos abertos.

 

De vez em quando aquilo que pensamos ser melhor para nós pode não ser o que nos está destinado.

E, ao mantermo-nos abertos, o nosso verdadeiro destino manifesta-se,

Talvez não quando ou da maneira que esperávamos, mas manifestar-se-á.

 

Imagem AQUI

Há quanto tempo?

 

tempo que dedicaste à rosa.jpg

 

 

Muitas vezes estamos "acorrentados" ao ritmo frenético do trabalho, das tarefas domésticas, das chatices e stresses do dia-a-dia e não nos apercebemos que o tempo passa e que a vida está a passar ao lado.

 

Por exemplo,  já se deu conta do tempo que dedica aos seus familiares?

Pais, irmãos, tios, sobrinhos?

Há quanto tempo não lhes damos aquele abraço forte e dizemos o quanto estamos gratos por estarem vivos?

Há quanto tempo não saímos juntos para um passeio? 

 

Há quanto tempo não nos dedicamos aos nosso filhos?

Não àquele tempo de os levar à escola, dar de comer, dar banho.

Falamos daqueles momentos de dizer o quanto os amamos, de brincar, de passear e correr ao ar livre, de fazer brincadeiras, de ver um filme?

 

E os amigos?

Há quanto tempo não saímos juntos?

Não conversamos, rimos, brindamos?

Não colocamos a conversa em dia?

 

E nós?

Há quanto tempo não passeamos à beira-mar, não "cheiramos as rosas" pelo caminho?

Há quanto tempo não olhamos ao espelho e nos amamos?

Há quanto tempo não apreciamos as montanhas, as ervas, a natureza?

E há quanto tempo não cuidamos de nós, não fazemos exercício físico, não provamos uma comida gostosa?

Há quanto tempo não ouvimos a nossa música favorita, ou simplesmente "pastamos" num sítio qualquer sem hora para regressar?

 

 

É tempo de dedicarmo-nos às coisas boas da vida ..... coisas estas que não custam nada e dão-nos muita alegria, felicidade e bem-estar.

 

 

Imagem AQUI

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D