Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Uma Pepita de Sucesso

Tudo sobre saúde, trabalho, lazer, viagens, sucesso, família e estilo de vida.

Uma Pepita de Sucesso

Tudo sobre saúde, trabalho, lazer, viagens, sucesso, família e estilo de vida.

Quem não se valoriza ...

se não vê o seu valor.jpg

 

 

Quando falamos em valorizar-nos, falamos essencialmente em auto-estima.

 

Quando nos valorizamos, quando reconhecemos as nossas qualidades,  quando não necessitamos da aprovação dos outros para sermos felizes, temos a nossa auto-estima elevada.

 

A auto-estima é a "base do poder pessoal" de cada um de nós.

 

E a forma como lidamos com os desafios mostra o quanto temos de auto-estima.

 

Mas, nem todos temos a auto-estima elevada.

 

Alguns estão demasiado insatisfeitos com a vida, seja pelas dificuldades, pelas perdas, pelos desafios, pelos fracassos, o que afecta muito o valor que nos damos a nós próprios.

 

Alguns passaram por experiências que fizeram duvidar do seu valor, desvalorizando-se perante todas as situações da vida.

 

E quem não se valoriza não acredita que pode alcançar os seus objectivos e os seus sonhos.

 

Quem não se valoriza é muito sensível à opinião dos outros e precisa da sua aprovação para definirem o seu próprio valor.

 

Quem não se valoriza não consegue ver as suas aptidões, as suas capacidades, nem o seu valor.

 

Quem não se valoriza, aceita qualquer situação sem reflectir ou questionar.

 

Quem não se valoriza não se sente merecedor da felicidade e do sucesso.

 

Quem não se valoriza não consegue ter uma relação saudável nem uma ligação forte com os outros.

 

E quem não se valoriza deixa-se abusar constantemente.

 

"Se alguém chegasse à sua porta e lhe oferecesse uma pizza, mas tivesse de deixá-lo abusar de si para o  resto da sua vida, provavelmente iria rir na sua cara. Mas se vivesse na rua e não tivesse comido há dias e essa mesma pessoa lhe fizesse uma oferta semelhante, é provável que a considerasse."

In The Mastery of Love - Don Miguel Ruiz

 

Aceitamos na vida aquilo que sentimos merecer, ou seja, nunca permitiremos a ninguém abusar de nós mais do que nós mesmo abusamos.

 

 

Imagem AQUI

 

30 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Mensagens

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D