Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Uma Pepita de Sucesso

Tudo sobre saúde, trabalho, lazer, viagens, sucesso, família e estilo de vida.

Uma Pepita de Sucesso

Tudo sobre saúde, trabalho, lazer, viagens, sucesso, família e estilo de vida.

Desafio caixa de lápis de cor # Verde claro

IMG_20210323_160546.jpg

 

 

A minha caneca ... verde!

Quando estou em casa está sempre ao meu lado!

É nela que tomo o meu café!

É nela que bebo o meu chá!

É nela que tomo a minha bebida de amêndoa, soja, arroz ....

E é nela que faço a minha aveia para o pequeno almoço ou para o lanche!

Já não passo sem a minha caneca verde!

 

 

Neste desafio participo eu, a FátimaConcha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Maria, a Ana D., a Célia, a Charneca Em Flor, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, a bii yue, José da Xã, João-Afonso Machado e a  Marquesa de Marvila.

 

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio, lançado  no blogue da Fátima.

O meu Amarelinho - Desafio caixa de lápis de cor # Amarelo

 

Sem título 1.jpg

 

 

O carro que sempre desejei ... um Fiat 500!

O meu Amarelinho ... iluminado ... acolhedor ... revigorante ... inspirador ... envolvente!

Da cor do Sol!

 

O meu companheiro de viagem!

Sabe sempre para onde quero ir!

Satisfaz sempre os meus desejos!

Nunca me deixa ficar mal!

 

Partilhamos tantas coisas!

Muitas paisagens contemplamos!

Ouvimos as nossas músicas favoritas!

Até cantámos juntos!

 

Conduzi-lo é das melhores sensações que tenho!

Sou tão apaixonada pelo meu Amarelinho!

 

 

Neste desafio participo eu, a FátimaConcha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Maria, a Ana D., a Célia, a Charneca Em Flor, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, a bii yue, José da Xã, João-Afonso Machado e a  Marquesa de Marvila.

 

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio, lançado  no blogue da Fátima.

 

Sapatilhas de Ballet - Desafio caixa de lápis de cor # Cor de Rosa

20180823_123249.jpg

 

As minhas sapatilhas de ballet ...

Ainda as tenho!

Cor de rosa!

Devem ter uns 40 a 45 anos!

Que lindas e que memórias me trazem!

 

Há 45 anos atrás só havia uma escola de ballet na Madeira e as aulas eram dadas pelo professor bailarino Martins, na sua casa, num quarto que servia de salão de dança.

 

Lembro-me que quando pedi à minha mãe para me inscrever nas aulas de ballet (a minha paixão), ela ter recusado, deu-me um redondo não, porque as aulas eram muito caras, porque não tinha futuro como bailarina, porque o melhor era estudar para médica, engenheira ou professora.

Não fui bailarina, nem médica, nem engenheira, nem professora.

Mas tive as minhas aulas de ballet.

 

20180823_123030.jpg

 

Tinha uma vizinha que fazia camisolas de lã à máquina, e como sobravam muitos pedaços de lã, ensinou-me a fazer palhaços de lã.

 

Como sabia que eu era apaixonada pelo ballet, decidiu vender os meu palhaços de lã na paróquia, nas festas de freguesia e na loja onde comprava as lãs.

 

Trabalhei imenso, cortei os dedos com a tesoura até acertar, fartei-me de montar e desmontar os palhaços, não vá a dona da loja devolvê-los, mas era tão determinada e persistente na altura, que sofria, só para ter o dinheiro para pagar as aulas de ballet.

 

20180823_123116.jpg

 

E consegui!

Durante 10 anos tive aulas de ballet, nos primeiros anos à conta dos palhaços de lã, depois consegui trabalho numa agência de navegação e pude pagar as aulas.

Tornei-me instrutora/monitora de dança moderna e ballet durante mais 10 anos.

 

Nessa altura aprendi uma grande lição.

Quando queremos muito, mas mesmo muito alguma coisa, temos de lutar por ela.

 

Adoro dançar e faço-o todos os dias, nem que sejam só 15 ou 20 minutos.

Afinal, nasci no Dia Internacional da Dança.

 

Neste desafio participo eu, a FátimaConcha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Maria, a Ana D., a Célia, a Charneca Em Flor, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, a bii yue, José da Xã, João-Afonso Machado e a  Marquesa de Marvila.

 

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio, lançado  no blogue da Fátima.

Enxoval - Desafio caixa de lápis de cor # 7 Azul Claro

17cc39c01a259a4931fc8970ca2b3b08.jpg

 

 

Todos diziam que era um rapaz ...

- Tens a barriga bicuda ... não tens a cara inchada ... não mudaste nada ... tens cara de quem vai ter um rapaz ... o teu andar é de rapaz ...

 

Queria tanto uma menina ... desejava muito uma menina ...

Mas ... com tantas evidências e crenças ... acreditou que seria um rapaz ...

Convenceu-se que seria um rapaz!

E passou a amar a ideia de ter um rapaz!

 

As amigas ofereceram parte do enxoval em azul claro ... casaquinhos em lã, conjuntinhos, babetes ... tudo em azul claro!

A mãe fez lençóis e colchas em azul claro ...

Até já tinha nome .... Diogo!

 

Mas ... queria tanto uma menina ... comprou umas botinhas e meias cor de rosa (bem escondido), quem sabe não vem uma menina!!!

 

Na ecografia do 7º mês não se conseguiu ver o sexo do bébé ... há 35 anos as ecografias não eram tão nítidas .... poderia ser um menino ... poderia ser uma menina ...

 

A esperança de ter uma menina foi crescendo ....

 

Mas ... e o enxoval?

Um menino não veste de cor de rosa (tontarias da época) ... uma menina veste de azul ...

 

Na mala para a maternidade levou o fatinho amarelo para o 1º dia (para dar sorte) ... o resto em azul claro!

 

Mas queria tanto uma menina ...

Ainda havia a esperança de ter uma menina!

 

E nasceu uma menina ... que vestiu tudo em azul claro!!!

 

 

Neste desafio participo eu, a FátimaConcha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Maria, a Ana D., a Célia, a Charneca Em Flor, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, a bii yue, José da Xã, João-Afonso Machado e a  Marquesa de Marvila.

 

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio, lançado  no blogue da Fátima.

 

Imagem Pinterest

Desafio "Sonhamos ir por aí" - Prometo-te o Céu!

IMG-20191104-WA0022.jpg

 

 

Quando a conheceu tinha-lhe prometido o céu!

Tinha-lhe prometido respeito, amor, amizade, dedicação e ... o céu!

E o Trilho do Picaroto, na sua Ilha da Madeira, era o sítio ideal para lhe "dar" o céu!

 

Já não visitava a sua ilha há 20 anos, desde que decidiu emigrar ...

Conheceu o mundo ... conheceu a mulher da sua vida ... mas nunca esquecera a sua terra, a sua cidade de Santana e o Trilho do Picaroto, que tantas vezes subiu com o seu pai ...

 

IMG-20191104-WA0010-COLLAGE.jpg

 

Foram de carro até a Achada do Teixeira, em Santana, puderam  apreciar o “ Homem em Pé”, formação rochosa basáltica que se encontra depois de passar pela frente da casa de abrigo onde pararam para descansar um pouco e fazer um pequeno lanche!

Afinal iriam percorrer a pé um percurso de 2,8 Km, com duração de hora e meia, que lhes permitiria  aceder ao cume mais alto da Madeira, o Pico Ruivo.

 

Subiram o trilho, o “lombo”, que separa as encostas do Faial das de Santana.

- Estás a ver aquelas casinhas lá em baixo? É a freguesia do Faial e do outro lado a cidade de Santana, onde nasci - disse com os olhos marejados de lágrimas!

 

IMG-20191104-WA0027-COLLAGE.jpg

 

Ao longo do Trilho do Picaroto observaram a magnífica laurisilva da Ilha da Madeira, vegetação herbácea e arbustiva bem adaptadas às grandes variações de temperatura, fortes chuvadas e ventos intensos onde predominam as urzes, antigamente muito exploradas para a produção de carvão vegetal.

 

Pararam diversas vezes para admirar as maravilhosas paisagens compostas pelas formidáveis formações rochosas, por vezes cobertas pelas nuvens e, aqui e ali uma povoação que se avistava ao longe.

 

Com algum esforço, lá iam subindo e descendo o trilho, sendo o esforço exigido compensado pelas vistas extraordinárias que o passeio proporcionava.

 

Paravam de vez em quando e sentiam a grandiosa sensação de estar cada vez mais próximo do céu .... o céu que lhe tinha prometido!

 

 

Este texto faz parte do desafio "Sonhamos ir por aí", proposto pela Cristina Aveiro, onde foram convidados a participar  a Oh da guarda peixe frito, a Concha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Fátima Bento, a Imsilva,  a Maria, o José da Xâ,  a Rute Justino, a Ana D., a Célia, a Charneca Em Flor,  a Gorduchita, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, e a bii yue , e mais alguém que queira ser desafiado.

 

Fonte:

http://www.visitmadeira.pt/pt-pt/explorar/detalhe/pr1-2-vereda-do-pico-ruivo

A Bata - Desafio caixa de lápis de cor # 6 Laranja

IMG_20210223_134507.jpg

 

 

Era uma menina de olhar doce, meiga, discreta e muito tímida ...

 

No 1º de dia de aulas, com 6 anos, chorou muito ... não queria estar na escola, não queria interagir com os outros meninos!

Agarrou-se a mim, à minha bata ... era o seu lugar seguro ... era o seu conforto!

Cedo percebi que a Francisca precisava de mais tempo para se adaptar e para se relacionar com os outros ... 

Aos poucos a timidez foi-se esbatendo e foi-se habituando à escola, aos novos amigos, à professora, ao recreio ...

 

Era no recreio que encontrava o seu abrigo ... na minha bata!

- Vai Francisca, vai brincar ... aproveita o recreio para correr, brincar e conhecer outros meninos! - dizia-lhe vezes sem conta.

- Quero ficar com a Luísa! 

E agarrava-se cada vez mais à minha bata!

Não a forçava, não insistia, nem a obrigava a nada ... um dia estaria preparada!

 

Dois anos depois, Francisca continuava a agarrar-se à minha bata principalmente no ínicio do ano lectivo!

Depois, só se lembrava da minha bata ... quando se magoava, quando era ignorada pelos outros meninos, ou quando queria atenção e carinho!

 

Quando soube que que eu ia deixar o recreio e a escola chorou muito ... 

Rasgou uma folha do seu caderno e fez um desenho  ... e com o seu olhar doce e meigo ofereceu-me ...

- Quero que a Luísa guarde este desenho para sempre ... vamos ser sempre amigas!

E desenhou-nos com duas batas cor de laranja!

 

 

Neste desafio participo eu, a FátimaConcha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Maria, a Ana D., a Célia, a Charneca Em Flor,  a Gorduchita, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, a bii yue e o José da Xã.

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio, lançado  no blogue da Fátima.

O "Meu" Mar - Desafio caixa de lápis de cor # 5 Azul Cobalto

 

IMG_20200614_121922.jpg

Praia Formosa, Funchal, Ilha da Madeira

 

É um caso de amor ...

É uma grande paixão ...

Guardador de histórias, de segredos, de confidências, de vidas e de mistérios....

Sublime no seu encontro com os céus ... imponente, poético, sensual, ... com um sentimento de eternidade e de vastidão ...

 

IMG_20190519_110815.jpg

Prainha, Caniçal, Machico, Ilha da Madeira

 

Pela sua imensidão, beleza e força, este "meu" mar azul cobalto,  inspira, relaxa e acalma a alma. 

 

"O mar é a religião da Natureza."

 - Fernando Pessoa

 

IMG_20200202_121939.jpg

Cristo Rei, Garajau, Ilha da Madeira

 

Reflexo de pensamentos, de medos e de desejos, de sonhos e de possibilidades ... as águas brilhantes deste "meu" mar azul cobalto são a metáfora perfeita para a felicidade!

 

Nasci do mar ... é a minha paixão ... é onde está a minha essência ... é aqui que reencontro a minha paz!

 

"Era como se o mar, com seus infinitos,

lhe desse um alívio de sair daquele mundo."

- Mia Couto

 

 

Neste desafio participo eu, a FátimaConcha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Maria, a Ana D., a Célia, a Charneca Em Flor,  a Gorduchita, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, a bii yue e o José da Xã.

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio, lançado  no blogue da Fátima.

 

 

O meu Sporting - Desafio caixa de lápis de cor # 4 Verde

IMG_20210208_171629.jpg

 

 

A  minha paixão pelo futebol surgiu pela mão do meu pai!

O meu pai foi jogador do Andorinha e do União da Madeira ... 

 

Desde pequenina me levava a ver os jogos de futebol ao Campo dos Barreiros onde só se jogava nas regionais.

Se jogava o União da Madeira,  ia de laço amarelo e a minha irmã de laço azul (as cores do União).

Se jogava o Marítimo, ia de laço verde e a minha irmã de laço vermelho (as cores do Marítimo).

Adorava aquelas saídas ao domingo para ver a "bola" com o meu pai e com a minha irmã!

 

Aos fins de semana ouvíamos o relato de futebol pela telefonia ... familiarizei-me com o Benfica, o Belenenses, a Académica de Coimbra ... e com o Sporting!

Passei a torcer pelo Sporting,  fascinava-me ouvir o relato quando o Sporting jogava!

 

Foi através da telefonia e dos relatos emocionantes dos locutores que nasceu o meu amor pelo Sporting Clube de Portugal!

Este amor foi crescendo cada vez mais ... não perdia um jogo (pela telefonia) ... sofria, emocionava-me,  aplaudia, vibrava com as vitórias, entristecia-me as derrotas, ... adorava aqueles 90 minutos de relato!

 

Anos mais tarde, quando os clubes madeirenses subiram à primeira divisão e o Sporting vinha à Madeira jogar, não perdia um jogo!

Ia ao aeroporto e juntava-me à claque do Sporting para ver os jogadores à distância ...

Já não ia de laço verde na cabeça .... ia toda de verde, com a camisola, as meias, o boné e o cachecol do Sporting!

 

Não consigo explicar a minha paixão pelo Sporting, é um sentimento superior às palavras, vive-se, sente-se, emociona-se, vibra-se, ... isto é emoção ... isto é paixão ... isto é o meu coração pintado de verde!

 

 

Neste desafio participo eu, a FátimaConcha, A 3ª Face, a Maria Araújo, a Peixe Frito, a Imsilva, a Maria, a Ana D., a Célia, a Charneca Em Flor,  a Gorduchita, a Miss Lollipop, a Ana Mestre a Ana de Deus, a Cristina Aveiro, a bii yue e o José da Xã.

Todas as quartas feiras e durante 12 semanas publicaremos um texto novo inspirado nas cores dos lápis da caixa que dá nome ao desafio, lançado  no blogue da Fátima.

 

Marron - o cão castanho - Desafio: Vamos pintar com palavras

IMG_20210124_115841.jpg

 

Continuando o desafio "Vamos pintar com palavras"  proposto pela nossa Querida Fátima Bento do blog "Porque eu Posso"  hoje pinto com castanho - marron este texto ...

 

Passa os dias assim ...

Deitado a dormir, numa profunda tristeza! 

Marron, o cão castanho, de olhar meigo, abandonado ... carente e desesperado!

À espera de vida na vila ...

À espera de mimos ... de uma palavra e gesto de conforto!

Aguardando, indefinidamente, uma nova esperança!

 

Não há movimento no cais de Câmara de Lobos.

Nem os meninos saem aos sábados e aos domingos para jogar à bola!

Nem para as acrobacias e mergulhos no cais!

 

Os cafés e restaurantes com as suas esplanadas vazias e desertos!

Os hotéis sem clientes e fechados!

Não há turistas!

Não há transeuntes!

 

Um vazio!

Um silêncio atroz!

Um sentimento de um luto permanente!

 

E Marron espera .... espera ... espera ... que tudo volte ao normal!

 

O Milionário Acidental

IMG_20200719_120640.jpg

Parque de Santa Catarina, Funchal, Ilha da Madeira

 

 

"Já passava da meia-noite quando o excêntrico anfitrião da animada festa, que se realizava no seu palácio setecentista, desafiou os convidados a mergulharem na piscina exterior.

Era verão, a noite aquecida convidava a um mergulho na água cor de prata. A lua cheia e  taças de champanhe vazias eram condimentos suficientes para o ambiente de euforia que se vivia.

Estava reunidas as condições para que o desafio do milionário fizesse sentido, não fosse a água estar pejada de crocodilos!

À volta da piscina, as dezenas de convidados fizeram um ruidoso silêncio, incrédulos. O milionário insistiu e ofereceu, como prémio, um terço da sua fortuna a quem conseguisse chegar ao outro lado da piscina são e salvo.

O silêncio fez-se notar ainda mais.

Foi quando o anfitrião subiu a oferta.

Estava agora "em cima da piscina", metade da sua riqueza, que era incalculável!

Ouve-se um mergulho!

Estupefactos, todos olham na direcção da perigosa água.

Vê-se um dos convidados nadar à velocidade de quem luta pela vida.

Contam-se mais de cinco crocodilos na sua direcção, certos da deliciosa refeição que estão prestes a trincar ...

Por milagre, o audaz convidado consegue chegar à outra margem da piscina.

A euforia foi generalizada, com excepção do milionário, que se via agora obrigado a partilhar a sua fortuna.

Confuso, mas ciente de que tinha perdido a aposta, deu os parabéns a vangloriou a coragem do destemido, que depressa respondeu:

- Corajoso eu?! Quero é saber quem foi o cretino que me empurrou para a água!"

 

Moral da história - às vezes precisamos que um "cretino" nos empurre para atingirmos um objectivo impensável. 1)

 

1) História retirada da Revista Activa, nº 3, Fevereiro, 2016, pag.10

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Mensagens

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub