Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Uma Pepita de Sucesso

Tudo sobre saúde, trabalho, lazer, viagens, sucesso, família e estilo de vida.

Uma Pepita de Sucesso

Tudo sobre saúde, trabalho, lazer, viagens, sucesso, família e estilo de vida.

O Que Acreditamos!

35051622_10214465376140142_5867695306597990400_n.j

 

"As nossas crenças do que somos e do que podemos ser, determinam com precisão o que seremos.


Se acreditarmos na magia, teremos uma vida mágica.

 

Se acreditarmos que a nossa vida está definida por limites estreitos, subitamente tornámos esses limites reais. 

 

O que acreditamos ser verdade, o que acreditamos ser possível, torna-se no que é verdade e no que é possível."


- Anthony Robbins

 

Imagem AQUI

Brinquedos Vintage - Barbies

 

IMG_20190504_113302.jpg

 

As crianças adoram as barbies e a Maria Clara não fica indiferente a estas bonecas vintage e a todos os acessórios, como mobiliário e roupas. 

 

IMG_20190608_180729.jpg

 

E à semelhança de outros brinquedos vintage que já partilhei aqui no meu blog, a Maria Clara adora brincar com tudo o que foi da sua mãe e das tias, que eu guardei em caixas, na garagem.

 

IMG_20190504_113646.jpg

 

Encontramos uma caixa cheia de roupas das barbies e a Clarinha deliciou-se a vestir e a pentear as bonecas.

 

IMG_20190504_113615.jpg

 

Arrumou o quartinho à sua maneira e não se esqueceu do tapete.

 

IMG_20190504_113726.jpg

 

Estas barbies já têm mais de 25 anos.

 

IMG_20190504_113529.jpg

 

Estes brinquedos estão em muito bom estado, logo não existe a necessidade de comprar outros brinquedos para a Maria Clara.

 

IMG_20190608_175842.jpg

 

O quarto dos pais, Barbie e Ken.

Nada foi esquecido!

 

IMG_20190504_113806_1.jpg

 

A Maria Clara muito feliz com os brinquedos vintage.

Quem se lembra destas barbies vintage?

 

Morre Lentamente ...

IMG_20190519_110920.jpg

Prainha, Caniçal, Ilha da Madeira

 

"Quem morre?

Morre lentamente quem não viaja, 
quem não lê, 
quem não ouve música, 
quem destrói o seu amor-próprio, 
quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem se transforma escravo do hábito, 
repetindo todos os dias o mesmo trajecto, 
quem não muda as marcas no supermercado, 
não arrisca vestir uma cor nova, 
não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente quem evita uma paixão, 
quem prefere o "preto no branco" 
e os "pontos nos is" a um turbilhão de emoções indomáveis, 
justamente as que resgatam brilho nos olhos, 
sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho, 
quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho, 
quem não se permite, 
uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da 
chuva incessante, 
desistindo de um projecto antes de iniciá-lo, 
não perguntando sobre um assunto que desconhece
e não respondendo quando lhe indagam o que sabe.

Evitemos a morte em doses suaves, 
recordando sempre que estar vivo exige um esforço muito maior do que o simples acto de respirar. 
Estejamos vivos, então!"



- Pablo Neruda, poeta e diplomata chileno (1904 -1973)

 

Desapegar-se ...

dec80a3fb637eb46beaa1a2ae2f6f6db (1).jpg

 

Desapegar-se .... um exercício difícil, não?

 

Somos muito apegados a tudo o que amamos, nos dá prazer, nos faz feliz, nos acomoda, nos deixa confortáveis.

Somos muito apegados ao que não nos dá trabalho nem nos desafia .... pessoas, situações, lugares!

 

E como sabe bem este apego e este "aconchego"!

 

Mas este apego desprepara-nos e pode tornar-nos dependentes, vítimas, intolerantes à mudança, "cegos" para lidar com os "reveses" da vida e com as perdas, e incapazes de sair de situações menos boas do nosso dia-a-dia!

 

 

E desapegar-se de quê?

 

Das expectativas demasiados elevadas que colocam sobre nós!

Dos objectivos que perspectivam em nós!

Da ideia de que não somos merecedores!

De que não somos suficientes!

De que dependemos dos outros .... da sua opinião e do valor que nos atribuem!

 

De velhos preconceitos e de tabus que nada acrescentam à nossa vida!

De crenças enfraquecedoras!

De guerras inúteis, de raivas, de angústias ...

Do medo de falhar ...

Do perfeccionismo ...

Do vazio, do estagnado!

Do que nos prende, afoga, sufoca!

Da escravidão!

Do demasiado confortável!

Do que não nos deixa respirar!

 

 

 

"A vida não espera.
O tempo não perdoa.
E a esperança, é sempre a última a lhe deixar.

Então, recomeçe, desapegue-se!"

Fernando Pessoa

 

 

Imagem Pinterest

 

Fajã do Mar - Um pequeno “paraíso”no Faial

IMG_20190605_154456.jpg

 

O Faial é uma freguesia do concelho de Santana, situada na encantadora Costa Norte da Ilha da Madeira, a uma altitude de cerca de 219 metros.
 

 

IMG_20190605_154631.jpg

 

A Fajã do Mar é uma paradisíaca praia de calhau banhada por águas cristalinas, situada na freguesia do Faial.

 

Esta praia é desconhecida por muitos Madeirenses e portanto, quase privada, uma vez que nas suas redondezas, existem poucas habitações.

 

IMG_20190605_155000.jpg

 

Fajã do Mar é um pequeno paraíso escondido na freguesia do Faial, formado numa pequena baía natural.

 

IMG_20190605_154431.jpg

 

Situada em encostas acidentadas, é uma localidade essencialmente agrícola, tendo mantido, ao longo dos tempo, a sua faceta tradicional, rural e pacata.

 

IMG_20190605_154942.jpg

 

Fajã de Mar, no Faial, um pequeno “paraíso” no concelho de Santana.

 

IMG_20190605_154534.jpg

 
Gostaram da Fajã do Mar?
 
 

Escolho Ser Eu

4a27e33fa299b6f078cb7f711e227d18.jpg

 

 

Nem sempre nós somos aquilo que gostávamos de ser.

Muitas das vezes somos aquilo que os outros querem que sejamos.

Queremos agradar, ajudar .... e anulamo-nos ....

Muitas vezes não somos activos nas nossas escolhas!

 

 

O resultado?

Infelicidade, frustração, não reconhecimento de nós mesmos nem daquilo de que somos capazes de fazer!

Vivemos uma vida que não é nossa .... que não a controlamos!

Nem temos poder para a controlar!

 

 

A verdade é que quem nós somos hoje, determina a pessoa que vamos ser amanhã.

Assim como também a forma como vivemos a nossa vida hoje, determina a forma como viveremos a nossa vida amanhã.

 

 

Todos os dias podemos decidir ser quem somos.

Diariamente fazemos escolhas.

São todas essas escolhas que nos formam, que ditam quem  somos.

São as escolhas que fazemos hoje que nos construímos.

E cada escolha que hoje fazemos, é mais um passo para construirmos a pessoa que queremos ser amanhã!

 

 

Eu escolho ser EU!

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

 

Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D